Raising City Boys to Love the River ~ Criando Meus Filhos para Amar o Rio.

by Troy Lafayette

In 2007, my master plan of raising my kids in the outdoors and on the river was off to a good start. I lived in Oregon, one of the best outdoor states in the US, and I had a raft and a frame and lots of river choices close to home. My oldest son started swimming classes at 6 months old and was on the river the first time at one and a half years old, still one of my best river trip memories and experiences to date.

Em 2007, meu plano de criar meus filhos ao ar livre, com natureza, e perto do rio estava começando bem! Eu sou do Estado do Oregon, um dos melhores Estados com atividades de outdoor nos EUA, e eu tinha uma bote, um remo e muitas opções de rios perto da minha casa. Meu filho mais velho, hoje com 9 anos, começou as aulas de natação com 6 meses e desceu o rio de bote, pela primeira vez, com um ano e meio de idade, ainda uma das minhas melhores memórias e experiências de rafting desde que ele nasceu.

Lower Clackamas River 2008-Photo by Tom Simmons / Rio Clackamas parte de baixo 2008-Foto por Tom Simmons

Then, 8 years ago, we moved to Sao Paulo, Brazil, one of the biggest cities in the world.

Há 8 anos, mudamo-nos para São Paulo, Brasil, uma das maiores cidades do mundo.



Panoramic view of a small piece of Sao Paulo-Photo downloaded from goodfreephotos.com / Vista panorâmica de um pequeno pedaço de São Paulo- Foto baixada de goodfreephotos.com

In general, there is no river culture for rafting within the main population of Brazil, only a small group of local guides associated with their local rafting companies. I have found that there is no private rafting, no rafting clubs like the Oregon Whitewater Association (which is very family friendly), no central oar frames, and no public boat launches. Luckily, I did find two owners at Canoar Rafting, Ze Pupo and Fatima Oliveira, that have welcomed me in with open arms and have done everything to make me feel at home. They have lent me rafts and provided me with the logistics to do young kids trips on flat water sections that they do not run commercial trips on. Ze and Fatima also opened their rafting base to me and my family to use and stay when we would like.
De uma maneira geral não existe uma cultura de rafting nas grandes cidades do Brasil, somente um pequeno grupo de guias associados a empresas de rafting. Descobri que não há rafting privado, ou clubes de rafting, por exemplo, como o Oregon Whitewater Association, nos Estados Unidos. Felizmente, encontrei dois proprietários na Canoar Rafting, Ze Pupo e Fátima Oliveira, que me acolheram com os braços abertos e fizeram de tudo para que eu me sentisse em casa. Eles me emprestaram os botes e me forneceram toda a logística para poder fazer viagens com as crianças pequenas em locais de água mais calma. Eles também abriram a Canoar para mim e para a minha família para uso e estadia sempre que tenhamos vontade de curtir a natureza.



Sitio Canoar Rafting Base just outside of Juquitiba Brazil / Base do rafting do Sitio Canoar fora de Juquitiba Brasil.

So, I don’t have lots of options here, but I have one great opportunity to give my kids a chance and exposure to something that means so much to me. Now my challenge is: how to get city boys to love the river?

Eu não tenho muitas opções nesta megalotrópole, porém eu tenho uma grande oportunidade de dar a meus filhos uma experiência de algo que significa muito para mim. Agora o meu desafio é: como conseguir que meninos da cidade amem o rio, a natureza?
My first strategy in the early years was twofold: One, I planned at least one trip a year appropriate for kids below 6 years old. This was super hard to convince other non-boating parents that it was safe (ended up calling it “floating down the river” instead of rafting), and explain to the rafting company what I was trying to do with these small kids. Secondly, I would bring them to the rafting base to have lunch next to the river, go on a hike, and play in rafts (on land) as often as possible.

Minha primeira estratégia, nos primeiros anos de vida dos meus filhos, foi a seguinte: em primeiro lugar, eu planejei uma viagem uma vez por ano, adequada para crianças abaixo de 6 anos. Foi muito difícil convencer os outros pais que a viagem era segura (chamei esta aventura de “flutuar no rio” e não de rafting), e expliquei à Canoar o que estava tentando fazer com essas crianças menores. Em segundo lugar, eu os levei para a Canoar para almoçar e fizemos picnic perto do rio, fizemos uma caminhada e brincando nos botes (em terra), sempre que possível.



When Mateus was about 3 yrs old I would take him to have lunch and naps next to the river / Quando o Mateus tinha 3 anos de idade
, eu levava ele para almoçar e cochilar próximo ao rio.

Mateus about 3 years old playing on top of an upside-down raft / Mateus (Mathew) com 3 anos de idade, brincando em cima de um bote.


Hiking with Mateus on the trail system around the rafting base at Sitio Canoar / Caminhada com o Mateus trilhas do Sítio Canoar.


Mateus at 3 years old getting ready for his first raft trip in 2012 / Mateus de 3 anos preparando-se para a sua primeira viagem da rafting, em 2012.

Popping wheelies and playing on the raft in 2012 at Sitio Canoar / Popping wheelies e brincando no bote no Sitio Canoar.

Hanging out in the boat barn is one of their favorite things to do / Divertindo-se com os amigos, uma das atividades favoritas no Sitio Canoar

Mateus helping one of his friends out by jumping the first time with him / Mateus ajudando o amigo a saltar pela primeira vez a Cachoeira da Garganta.


Mateus enjoying the jump rock which is his favorite activity on the Juquia River / Mateus adora pular da pedra da Cachoeira da Garganta. Uma de suas atividades favoritas no rio Juquia.

Kids taking over the front of the raft / As crianças tomando conta da na frente do bote.

Mateus leading his friends on the 100meter float from the top dock to the bottom dock. This is now one of his favorite things to show his friends while I am getting things ready before the trip / Mateus conduzindo seus amigos no flutuador de 100 metros da doca superior à doca inferior. Esta é agora uma de suas coisas favoritas para mostrar a seus amigos enquanto eu estou preparando as coisas antes da viagem

This last year in 2016 my boys turned 6 and 9 years old. Looking back, I sometimes see light at the end of the tunnel as far as my overwhelming desire for them to join me on the river. It was a year of first! / Este último ano, em 2016, meus meninos tornaram-se com 6 e 9 anos. Olhando para atrás, eu às vezes vejo luz no final do túnel, tanto quanto meu desejo esmagador para que eles se juntem a mim no rio. Foi um ano de primeiras coisas!


First time taking my 6 year old in an IK(Inflatable Kayak, called a duckie here), of course bringing our dog Minnie with us was a must. / Primeira vez tendo o meu 6 anos de idade em um IK caiaque Inflável, chamado de duckie aqui), naturalmente trazer o nosso cão Minnie conosco era uma obrigação.

First time going in a raft with only my sons and I, which was one of my best river days ever. Special thanks to my good friend Jailson Silveira for going with us in his kayak, helping me carry the raft and providing my kids a moving target to hit with the water guns. / A primeira vez num bote somente meus filhos e eu, foi um dos melhores dias desde sempre no rio. Agradecimentos especiais ao meu bom amigo Jailson Silveira por ir com a conosco em seu caiaque, ajudando-me a transportar o bote e fornecer aos meus filhos um alvo em movimento para bater com os revólveres de água.

 

First time going with only my entire family in a raft including my wife, who is the farthest from a dirtbag(opposites attract?!).  / A primeira vez que fomos apenas toda a minha família em um bote, incluindo minha esposa, que é a mais distante de um “dirtbag” (pessoa no rio), (os opostos se atraem ?!).

Julian’s first raft trip in Oregon this last August, with my sisters. / A primeira viagem de rafting do Julian no Oregon, EUA, neste último agosto, com minhas irmãs.

 

2016 was a record-breaking year of river days with my kids thanks to Canoar Rafting and the support of many people along the way. 2017 is off to a great start with one raft trip and two inflatable kayak trips in the books and another raft trip planned for the near future with my son’s.

2016 foi um ano recorde de dias no rio com meus filhos, graças à Canoar Rafting e ao apoio de muitas pessoas ao longo do caminho. 2017 teve um grande começo com uma viagem de balsa e duas viagens de “duckie” anotada nos livros e outra viagem de rafting planejada para um futuro próximo com meus filhos.

Juninho Correia new raft guide at Canoar that is always up to help me with my kids and get on the river with them / Juninho Correia novo guia de rafting na Canoar que está sempre a me ajudar com os meus filhos o continuar no rio com eles.

I caught a picture of Julian my oldest son looking pretty good and more comfortable paddling through a class 2+ on our last trip earlier this month / Eu encontrei uma foto do Julian, meu filho mais velho, mostrando estar bem e confortavelmente rema por uma classe 2+ em nossa última viagem, no início deste mês.

Raising my boys to love the river is one of my life’s biggest wishes, struggles, and challenges. The river has given me so much and has so much meaning to me but how do I instill that meaning to them? Their lives living in one of the biggest cities in the world is so different then my childhood living in a town without a stop light. Their path to the river will also have to be different.

Criando meus filhos para amar o rio é um dos meus maiores desejos, de lutas e de desafios da minha vida. O rio me deu tanto e tem tanto significado para mim, mas como eu instilar esse significado neles? Já que vivem em uma das cidades maiores do mundo eles são diferentes, então, da infância que tive em uma cidade sem semáforo. O caminho deles para o rio também será diferente.

It is a delicate balance for me as a parent. I dream of overnight family river trips, camping, rafting, exploring, and being on the river with them. Not being a rafting addict officially until the age of 26, I am hopefully my lifestyle will rub off on them at some point. I will continue to expose it to them, giving them access and guidance as I can and as they express interest. Just last week my 6 year old asked me for a kayak after going on a sit on top on a lake and having a blast. My mind quickly went to the Fluid Do It Now in his favorite color green! Now for getting it to Brazil and convincing my wife that it is necessary!

É um delicado equilíbrio para mim como pai. Eu sonho com as viagens para a família, acampar, fazer rafting, explorar e estar no rio com eles. Não sendo um viciado em rafting admitidamente até a idade de 26 anos, espero que meu estilo de vida vai contaminá-los em algum momento. Vou continuar a expor a eles minha filosofia de vida, dando-lhes acesso e orientação à medida que eles expressam interesse. Há apenas uma semana meu filho de 6 anos me pediu um caiaque depois de se sentar em um lago e ter uma explosão. Minha mente rapidamente foi para sua cor verde favorita! Agora para fazer chegar ao Brasil e convencer minha esposa que é necessário, isso é outra conversa!

My boys Julian and Mateus at 9 and 6yrs old at the take out on the Juquia River in December 2016. Oi(Hi) from São Paulo Brazil / Os meus meninos Julian e Mateus aos 9 e 6 anos de idade na saída do Rio Juquia em dezembro de 2016. Oi (Hi) de São Paulo Brasil.

EDITOR’S DESK: In English and Portuguese

ARTIGO PARA A REVISTA ONLINE: Apresentado em Inglês e Português

We are pleased to deliver an ongoing series with Troy and his boys as they progress in paddling together. Stay tuned !!

Temos prazer em apresentar uma série contínua com Troy e os meninos dele como eles progridem ao remar juntos. Fique atento !

Author Troy Lafayette is managing partner of Forward Paddle Rafting Company (http://www.fowardpaddlerafting.com/), long time raft guide currently with Canoar Rafting (http://www.canoarrafting.com.br/,) “and a really bad kayaker and SUPer.” He’s a Staff Writer for our Magazine and longtime DBP Admin.

Autor Troy Lafayette é sócio acionista de Forward Paddle Rafting Company (http://www.fowardpaddlerafting.com/), guia de raft de longa duração atualmente com http://www.canoarrafting.com.br/, “e um canoísta muito ruim em SUPer(prancha em pé).” É escritor do nosso jornal e DBP(Dirt Bag Paddler, Remador de Saco Sujo) administrador por muito tempo.

 

 

Like the article? Help us out! We want to keep bringing you the best paddling features and news.

  • Show Comments (2)

  • Linsie

    My 6 yr old wants a kayak like his friends, which is great. But I can’t get him to take swimming lessons! I’ve promised him an Xbox that I know he wants more than anything, and of course no kayak without swimming lessons. I’ve asked him if private lessons with a friend would work. Still no deal. Help!

    • mm
      Tom

      Keep trying. The time will come and then the time will fly!! Best of luck and ONE LOVE! ONE RIVER!!

Leave a Reply

Sponsored Links

77 Shares